+55 11 3803-7878 contato@nuova.com.br

Migrar ou não migrar? Eis a que$tão!

Migrar ou não migrar? Eis a que$tão!

As vantagens do SharePoint 2013 são muitas, mas cada empresa deve absorver a evolução da plataforma a seu tempo, de acordo com seus objetivos de negócios, níveis de maturidade interna e, principalmente, orçamento. Este seria nosso principal conselho para as empresas, não fosse o fato de estarmos no momento ideal para a compra de novas licenças!

A Microsoft não anunciou formalmente os preços da nova versão e está repassando para seus parceiros de negócios a tarefa de informar os clientes sobre as mudanças de preços que passam a vigorar em Dezembro.

Muitos sites já estão noticiando estimativas de aumento de 15% nos preços das User CALs (Client Access Licences), enquanto as Device CALs se mantém no mesmo valor. Outra informação divulgada na blogsfera e pelos sites CMSWire e ZDNet é que o SharePoint Server Licence terá aumento de 38%. Uau! O impacto destes aumentos, no entanto, seria atenuado pelas ótimas mudanças nas regras de licenciamento para usuários que já noticiamos aqui.

Segundo a Brasoftware, uma das maiores revendedoras de softwares Microsoft do Brasil, as empresas que adquirirem novas SharePoint 2010 Server Licences com o pacote de benefícios Software Assurance (SA) terão acesso direto à atualização da versão 2010 para a 2013.

Quem tem SharePoint 2010 sem o Software Assurance terá que comprar a Server Licence 2013, mas a empresa ainda não sabe quando poderá distribuí-la oficialmente, portanto, a única saída é aguardar e depois encarar os 38% de aumento.

Se você já estava pensando em migrar do SharePoint 2007 para o 2010, a hora é agora porque poderá adquirir a SharePoint Server Licence 2010 com o pacote Software Assurance (mais caro do que o tradicional) antes do reajuste e aguardar pela atualização gratuita para a versão 2013.

A migração do SharePoint 2007 para a versão 2010 teria que ser feita mais cedo ou mais tarde por diversos motivos, entre eles o fato de que os erros da versão 2007 não serão mais corrigidos. Este upgrade implicaria necessariamente na instalação de um novo ambiente SharePoint (versão 2010), pois a Microsoft não fornece um caminho direto de updgrade do SharePoint 2007 para o 2013. Diante da necessidade de fazer o investimento em algum momento, porque não agora?

Existem outras opções? Sim, mas implicam em mais custos.

1) Começar do zero, implementando a versão 2013 completa para depois migrar o conteúdo para o novo ambiente (super recomendada!).

2) Investir em soluções externas à Microsoft, capazes de dar suporte à migração, como DocAve SharePoint Migrator ou ShareGate (adoramos este vídeo super bem-humorado deles!).

Faça contato conosco, vamos conversar mais sobre estes caminhos!

​Em tempo: se o processo de upgrade para o SharePoint 2010 já comecou, vá em frente, mas considere rever o escopo do projeto. Se estiver desenvolvendo um código personalizado para funcionalidades específicas no SharePoint 2010, estude a nova versão porque elas podem estar prontas na versão SharePoint 2013. ​​

Daniela Buono é jornalista e editora do blog da Nuova.

0 Comentários

Deixe uma resposta