+55 11 3803-7878 contato@nuova.com.br

Principais tendências do Marketing Digital B2B

Principais tendências do Marketing Digital B2B

No início de 2013, diante de um cenário econômico mundial instável, muito se falou sobre cortes de orçamento em marketing digital, mas o que verificamos ao longo do ano foi que as empresas não só mantiveram como aumentaram seus investimento​s, justamente porque em época de crise é ainda mais importante manter contato com clientes e prospects.

Entramos em Outubro, todos estão fazendo planos para 2014, e a discussão está voltando a esquentar, por isso resgatamos insights e indicadores do marketing digital B2B publicados pelo ótimo blog Resultados Digitais ao longo de 2103.

De acordo com este post, um estudo realizado pelo Ambassador e publicado no blog Mashable mostrou que 67,2% dos profissionais de marketing planejava aumentar seus gastos com marketing digital em 2013 e 52,5% dos profissionais de marketing de conteúdo desejava ampliar o orçamento destinado a melhorar o posicionamento de suas empresas nas ferramentas de busca.

O infográfico publicado pelo Mashable mostra a relevância do marketing de conteúdo para empresas de serviços B2B nos EUA, trazendo importantes indicadores e previsões para 2013:

  • 77% usa blog
  • 70% utiliza vídeo
  • 52% ampliará orçamento destinado a ferramentas de busca
  • 32% investirá mais em mobile marketing
  • 56% deve aumentar os investimentos em vídeo online
  • 72% usa marketing de conteúdo como parte da estratégia
  • 87% utiliza as mídias sociais para distribuir conteúdo – contra 74% em 2011
  • 56% planeja expandir o orçamento de mídias sociais

Impressionante, não? Indicadores deste porte nos fazem pensar sobre os porquês deste “fenômeno”.

Em outro post muito interessante, um dos editores do blog Resultados Digitais nos conta que encontrou um importante insight sobre marketing de conteúdo no livro The Ultimate Sales Machine, de Chet Holmes: o Stadium Pitch.

O autor identificou que para qualquer mercado, apenas 3% do público está ativamente buscando opções e querendo comprar algo. Cerca de 6-7% está aberto a propostas e o restante não está interessado (~90%).

Pensando neste padrão de consumo, Holmes sugere: “imagine um estádio inteiro cheio de potenciais clientes, onde você tem a oportunidade de falar para todos eles por alguns minutos. O que você falaria?”

Segundo ele, a maioria das pessoas cai na armadilha de contar sua história e falar dos benefícios de seu produto/serviço, mas basta começar a tentar uma venda direta para pessoas que não estão interessadas em comprar que elas se levantam e vão embora.

Por isso ele afirma que o discurso da empresa (blog e redes sociais) deve ser centrado em oferecer entretenimento, conteúdo interessante ou informação útil para o cliente, independentemente do momento de compra que ele esteja.

Em B2B, marketing digital é relacionamento com potenciais clientes para criar credibilidade ao longo do tempo, ser lembrado como referência quando chegar o momento da compra.

Uma recente publicação chamada B2B Content Marketing Report, também referenciada em um post do blog Resultados Digitais, apresenta um estudo provando que cada vez mais as empresas B2B estão compreendendo a importância do investimento em marketing de conteúdo e cuidando muito bem de seus sites, blogs e redes sociais para desenvolver uma relação de confiança com seus públicos-alvo, pois sabem que isso resultará em vendas futuras.

O estudo foi feito com 50 mil membros da comunidade B2B Technology Marketing no LinkedIn e mostra as principais tendências de marketing de conteúdo para B2B:

  • 71% de quem trabalha com marketing B2B usa marketing de conteúdo para geração de Leads.
  • 50% dos profissionais de marketing B2B usam marketing de conteúdo para tornar-se referência no mercado e para educação.
  • Apenas 25% dos profissionais de marketing B2B usam marketing de conteúdo para retenção de clientes.
  • 89% de quem trabalha com marketing B2B cita depoimentos de clientes como a ação mais efetiva de marketing de conteúdo.
  • 88% dos profissionais de marketing B2B consideram estudos de caso a ação mais efetiva de marketing de conteúdo.
  • Menos de 40% dos profissionais de marketing B2B indicam eBooks como exemplo eficaz de marketing de conteúdo.
  • 71% dos que trabalham com marketing B2B dizem que uma audiência qualificada é o elemento mais importante de marketing de conteúdo.
  • 85% dos profissionais de marketing B2B acham o LinkedIn a mídia social mais efetiva em entrega de conteúdo.
  • 73% dos profissionais de marketing B2B acham o Youtube uma mídia social efetiva em entrega de conteúdo.
  • Apenas 39% de quem trabalha com marketing B2B considera o Facebook uma mídia social efetiva em entrega de conteúdo.
  • 93% dos profissionais de marketing B2B criam conteúdo do zero.
  • Tráfego de visitas e visualizações/downloads empataram em 63% como métricas chave para determinar sucesso de conteúdos.
  • 5% dos profissionais de marketing B2B não têm métricas para determinar o sucesso de ações em marketing de conteúdo.
  • 56% de conteúdo B2B são criados pelo marketing corporativo.
  • 47% de conteúdo B2B são criados pelo marketing de produto.
  • 82% dos profissionais de marketing B2B vão aumentar a produção de conteúdo nos próximos 12 meses.
  • 55% dos profissionais de marketing B2B dizem que seu maior desafio é ter tempo ou largura de banda para criar conteúdo.
  • 30% dos profissionais de marketing B2B não dividem seus conteúdos pelo momento de compra dos potenciais clientes.
  • 37% dos profissionais de marketing B2B usam automação de marketing para geração de Leads.
  • 36% dos que trabalham com marketing B2B usam automação de marketing para nutrição de Leads.
  • 39% dos profissionais de marketing não usam nenhuma automação de marketing.
0 Comentários

Deixe uma resposta